O cantor, compositor e acordeonista LUIZ CARLOS BORGES iniciou sua carreira aos sete anos e idade, no conjunto "Irmãos Borges", na região missioneira do Rio Grande do Sul, com quem gravou seus três primeiros discos. Sua carreira solo iniciou a partir do sucesso com a composição "Tropa de Osso", premiada na 9ª edição da Califórnia da Canção Nativa do RS, movimento musical que revolucionou a Música Tradicional Gaúcha na década de 70. Desde lá, já foram 32 discos gravados, sempre investindo na renovação da música regional gaúcha.
Borges é formado em Música e, em sua trajetória profissional, já assumiu cargo como assessor de Cultura e Turismo das cidades de São Borja e Santa Maria. Em 1983 idealizou e desenvolveu o Festival Musicanto Sul-Americano de Nativismo, evento que já completou 25 anos em Santa Rosa.
No ano de 1992, lançou seu 1º CD Internacional "Gaúcho Rider", e iniciou o ano cumprindo uma agenda de 14 Shows pela Europa, em países como: Alemanha, Áustria, Itália, Eslovênia, Suíça e Polônia. Durante os 46 anos de carreira, Borges marcou presença também em eventos musicais de diversos países, entre eles: Festival Nacional Del Folclore COSQUIN – Córdoba – Argentina; Festival Internacional de folclore – em Salt Lake City UTHA Estados Unidos da América, Semana regional do Folclore em Caiena - Guiana Francesa. Em 2005, esteve em Viena, na Áustria, Representando o Brasil junto a outros diversos artistas da música regional gaúcha. Em 2006 com o violonista Maurício Marques mais Renato Borghetti "Quarteto", participou do festival de música e poesia da cidade de Elko, estado de Nevada – USA.